Príncipe Harry diz que jovens passam muito tempo mexendo no celular

Redação - O Estado de S.Paulo

'Eu tenho certeza que poderíamos ser mais efetivos e eficientes se nós usássemos nosso tempo para processar nossos pensamentos', disse ele

Príncipe Harry comemorou os avanços no debate sobre saúde mental. 

Príncipe Harry comemorou os avanços no debate sobre saúde mental.  Foto: AFP PHOTO/Nigel Roddis

Em um evento em Leeds, Inglaterra, na última quinta-feira, 6, príncipe Harry falou sobre sua campanha de saúde mental e comentou os resultados que logrou até agora.

"Eu não consigo expressão o quão agradecidos William, Catherine e eu estamos que o objetivo está sendo alcançado e que agora há muito mais entendimento, compaixão e bondade com aqueles que abrem o jogo sobre seus problemas. Mas não vamos nos enganar, pensando que o trabalho está finalizado - há muito, muito mais que podemos fazer em todos os níveis para incentivar que debates sobre saúde mental sejam tão comuns como aqueles sobre saúde física", disse ele durante discurso.

Harry, William e Kate criaram a campanha Heads Together para promover o debate sobre a saúde mental. O príncipe ainda citou a quantidade de tempo que as pessoas passam em seus telefones.

"Eu li, recentemente, que as pessoas jovens olham seus celulares cerca de 150 vezes por dia - e tenho certeza que todos nós poderíamos ser mais efetivos e eficientes se nós usássemos nosso tempo para processar nossos pensamentos em vez de passar de uma coisa para a outra rapidamente", falou Harry.