Polícia procura por mulher que roubou obra de arte de Yoko Ono de museu no Canadá

Redação - O Estado de S.Paulo

Pedra em que está escrito 'Love Yourself' vale cerca de R$ 59 mil

Yoko Ono costuma usar pedras em suas obras de arte.

Yoko Ono costuma usar pedras em suas obras de arte. Foto: REUTERS/Lisi Niesner

A Polícia de Toronto, no Canadá, está procurando por uma mulher que roubou uma pedra com uma inscrição de Yoko Ono do Museu Gardiner na última sexta-feira, 6. A peça vale US$ 17.500 (algo como R$ 59.600) e tem a frase "Love Yourself", ou "Ame-se". As informações são do The Guardian.

A pedra é uma das três partes de uma instalação artística chamada Yoko Ono: The River. Ela pegou pedras que foram transformadas pela água e pelo tempo e escreveu diferentes frases em cada uma delas.

De acordo com o site do museu, os visitantes "podem pegar as pedras e segurá-las, para se concentrarem com as palavras, e depois devem devolvê-las ao lugar".

No Twitter, a Polícia da cidade publicou fotos da suspeita e disse que ela "apenas foi lá, pegou e saiu andando com a pedra" e pediu informações sobre ela. Yoko Ono não se manifestou sobre o caso.