Pepê e Neném criticam demonstração pública de afeto entre gays

Redação - O Estado de S.Paulo

'Tem que respeitar a família', disseram em vídeo considerado homofóbico

Pepê e Neném

Pepê e Neném Foto: Instagram / @pepenenemoficial

Mesmo sendo abertamente homossexuais, as cantoras Pepê e Neném chamaram atenção ao divulgar um vídeo com um discurso considerado homofóbico nas redes sociais nesta segunda-feira, 31.

Na gravação, a dupla fala sobre "limites", "respeito à família" e "exageros". 

"Você tá com vontade de beijar sua namorada? Você vai beijar sua namorada, mas não vai passar ali exagerando, porque tem uma criança passando na frente. Você pode fazer o que você quiser. Só tenha o limite", disse Neném.

"É claro, cada um faz o que quer da sua vida. Só que é aquele negócio. Entre quatro paredes, você faz o que quiser. Ninguém é obrigado a ver nada de ninguém. No meio da rua, num cinema... Tem gente que passa do limite. É isso que eu não concordo. Se você tá amando, pra que você vai passar pra rua coisas que você pode fazer dentro de um quarto?", prosseguiu a cantora.

Na sequência Pepê também opinou sobre o tema: "A gente tem que respeitar a família. Aí os gays vão falar: 'Mas por que o hétero pode se beijar?'. Gente, é claro, o mundo é pra todos. Mas certas coisas não é bom fazer. Por que? Você, além de ser gay, é muito julgado por isso".

"Então, não deixa a pessoa te julgar por você fazer coisas que você vai acha que vai estar errado, e você acha que você está certo. Então vamos fazer entre quatro paredes. Põe a mão na consciência. Quando é certo, é certo, quando é errado, é errado", concluiu. 

Confira algumas das reações ao vídeo nas redes sociais:

Pepê e Neném ao lado de seus filhos e esposas:
 

Uma publicação compartilhada por T H A L Y T A  || SP (@thalyta_off) em

 

Confira o vídeo na íntegra clicando aqui.