'Parar de beber me ajudou a escrever o último álbum', diz Florence Welch

- Bang Showbiz

A cantora britânica deixou o álcool de lado para completar o álbum 'How Big, How Blue, How Beautiful', da banda Florence + the Machine

Foto: Reprodução/Instagram

Florence Welch confessou que parar de beber ajudou a escrever as músicas de How Big, How Blue, How Beautiful, álbum mais recente da banda Florence + the Machine, da qual é vocalista.

Ela foi aconselhada por uma amiga a parar de beber para ajudar a colocar a vida novamente nos trilhos após se abalar com o fim do relacionamento com o produtor de eventos James Nesbitt. Florence sentiu que cortar a bebida ajudou a fluir sua criatividade para fazer o terceiro álbum de estúdio da banda. 

Ao ser questionada sobre o melhor conselho que recebeu, Florence disse à revista Rolling Stone: "Quando terminei uma turnê alguns anos atrás, eu tentei continuar vivendo como sempre fiz. Você quer continuar se divertindo, mas você só está em casa. Eu estava tipo 'Oh, minha vida é um caos, meus relacionamentos são tão confusos. O que estou fazendo?' E um amigo disse: 'Por que você não para de beber por um tempo - vê o que acontece?' [Risos] Eu estava disposta a tentar qualquer coisa naquele momento. E isso definitivamente me ajudou a gravar o último disco."

Florence também admitiu que o CD a expôs bastante e que ela quase chorou tentando fazer o produtor colocar um pouco de efeito na sua voz. Ela acredita que passar por essa situação estranha lhe permitiu crescer como artista.

"Se algumas vezes você se sentir diferente ou desconfortável, isso significa que você está crescendo. Meu último álbum deixou as coisas um pouco expostas. Não ter efeitos nos meus vocais foi aterrorizante. Eu pedia para o meu produtor: 'Por favor, não dá para colocar um pouco de ressonância na minha voz?' Eu estava praticamente chorando. E ele dizia: 'Não, você precisa deixar a sua voz do jeito que é. Você precisa ser vulnerável'", comentou.

A ruiva recentemente lançou o filme musical The Odyssey, que fala sobre "o término de relacionamento em um acidente de carro", no qual ela passou com James e lhe permitiu "entender e exorcizar" as emoções.