Papa pede para latino-americanos lutarem contra a 'praga do feminicídio'

Agência - Ansa

'São muitas as situações de violência que foram mantidas sob silêncio', disse Francisco no Peru

Papa Francisco chega à cidade peruana Trujillo

Papa Francisco chega à cidade peruana Trujillo Foto: Vicenzo Pinto/AFP

Trujillo - Em uma celebração em Trujillo, terceira maior cidade do Peru, o papa Francisco pediu no sábado, 20, para os latino-americanos lutarem contra a "praga" do feminicídio.

 O pontífice falou a uma multidão na Plaza de Armas, em encontro dedicado à Virgen de la Puerta, venerada pela população da região. "Quero os convidar a lutar contra uma praga que atinge nosso continente: os numerosos casos de feminicídio. E são muitas as situações de violência que foram mantidas sob silêncio e além de tantas paredes", declarou o Papa.  

Francisco ainda pediu para os cidadãos cobrarem das autoridades "uma legislação e uma cultura de repúdio a todas as formas de violência". "Olhando para Maria, não gostaria de concluir sem convidá-los a pensar em todas as mães e avós dessa nação, a verdadeira força motriz da vida e das famílias do Peru", disse.   

O Papa deixa o Peru para retornar ao Vaticano neste domingo, 21.