Ozzy Osbourne diz que não voltou a usar drogas após ser expulso de casa

- Bang Showbiz

Roqueiro negou que ele tenha sofrido uma recaída depois de sua separação de Sharon Osbourne

Sharon e Ozzy Osbourne se separaram após 33 anos de casamento

Sharon e Ozzy Osbourne se separaram após 33 anos de casamento Foto: Bang Showbiz

Ozzy Osbourne quebrou o silêncio após ter sido acusado de trair sua mulher, Sharon Osbourne, com uma cabeleireira.

O astro da banda Black Sabbath teria se separado de Sharon, com quem estava casado há 33 anos, por conta das alegações e, embora ele não tenha definido o status de seu relacionamento, ele negou os rumores de que tenha tido uma recaída nas drogas.

"Tenho estado sóbrio por três anos e três meses. Não toquei em drogas ou álcool nesse período de tempo. Todos os relatos de que não estou sóbrio são completamente imprecisos", disse ao E! News.

Enquanto isso, Sharon, de 63 anos, ficou ausente de suas funções como apresentadora do programa The Talk nessa segunda-feira, 9, após a notícia sobre a separação ser divulgada pela imprensa.

Sua colega de trabalho, Julie Chen, disse no início da edição de ontem: "Sharon não está aqui hoje. Havia muitas manchetes nos tabloides dela e de Ozzy, rumores e especulações de que eles se separaram depois de quase 34 anos de casamento. Sharon, compreensivelmente, teve o dia de folga e nós estamos enviando todo nosso amor a ela e à sua família. E pedimos a vocês que façam o mesmo."

Sharon teria ficado nervosa quando encontrou as provas da infidelidade do músico, de 67 anos. Ela teria procurado indícios no telefone celular de Ozzy e encontrou registros de telefonemas e mensagens trocadas com a cabeleireira Michelle Pugh.

Após a investigação, Ozzy teria admitido a proximidade com Michelle e Sharon o expulsou de casa. Segundo a imprensa americana, ele estaria hospedado em um hotel próximo à residência da família, em Beverly Hills.