No Instagram, Justin Bieber diz se arrepender por ter sido preso

Redação - O Estado de S.Paulo

Cantor foi preso em 2014 por dirigir embriagado; na ocasião, ele admitiu que fumou maconha e bebeu cerveja

Cantor já se envolveu em uma série de problemas com a Justiça.

Cantor já se envolveu em uma série de problemas com a Justiça. Foto: Mario Anzuoni/ Reuters

Justin Bieber não se orgulha de ter sido preso em 2014 por dirigir embriagado em Miami, nos Estados Unidos.

Em uma foto publicada no Instagram nesta segunda-feira, 19, o cantor expressa remorso por ir à cadeia. 

"Foto de identificação da prisão. #CadeiaNãoÉUmLugarLegalParaEstar #NadaEngraçado #NuncaMais", escreveu Justin. 

 

Mugshot #jailsnotacoolplacetobe, #notfun #neveragain

Uma publicação compartilhada por Justin Bieber (@justinbieber) em

Relembre. Justin Bieber foi preso em Miami em janeiro de 2014 por dirigir embriagado e acima da velocidade, resistir à prisão e dirigir com habilitação vencida. Ele dirigia um Lamborghini amarelo e participou de um racha contra uma Ferrari.

Além disso, o cantor cheirava a álcool e admitiu ter bebido cerveja, fumado maconha e tomado remédio vendido somente com receita médica antes de ir ao volante. 

Ao ser abordado, ele xingou o policial. Após ser fichado e preso, o cantor foi liberado após pagar fiança de 2,5 mil dólares. 

Justin ainda precisou comparecer à Justiça para explicar a situação e fez um acordo com os promotores para encerrar o processo. O cantor se declarou culpado à Justiça e se comprometeu a doar 50 mil dólares para uma instituição de caridade, realizar um curso de controle de raiva e pagar os custos do processo.