Luana Piovani desabafa sobre morte de ambulante e critica Justiça brasileira

- O Estado de S.Paulo

Atriz também fez 'balanço' sobre seu 2016: separação, 'pouco trabalho' e 'conta pra c*** para pagar'

.

. Foto: Reprodução / Facebook @luanapiovanioficial

A atriz Luana Piovani fez diversos comentários a respeito do ano de 2016 através de uma transmissão ao vivo em seu Facebook nesta quinta-feira, 29. "Foi a gente que escreveu o ano, não foi ele que veio escrito", filosofou.

A transmissão ao vivo começa de forma 'emocionante': nos primeiros dois minutos, Luana se dedica apenas a ajeitar a câmera e limpar as fezes de seu cachorro no jardim.

Em seguida, ela aborda diversos assuntos importantes de sua vida, como o fato de estar pensando em virar youtuber, sua separação, e até sobre sua vida profissional: "Trabalhei super pouco, tenho conta pra c*** pra pagar. Fiz a Playboy e meu filme, mas outros trabalhos grandes, não teve", disse.

A atriz também fez um desabafo sobre os "energúmenos" que mataram um vendedor ambulante num metrô de São Paulo nesta semana, e ainda criticou o sistema de justiça no Brasil: "Eu sei que lá [fora do Brasil] existe violência, mas não é como aqui, porque aqui as pessoas não tem medo! Pra começar não tiveram educação, pra criar consciência de que tudo tem limite, que você vive na sociedade. A segunda coisa é que tem punição. 'vão me pegar, cadeira elétrica, vou ficar a vida inteira dentro de uma cela', então é totalmente diferente".

Ainda na onda internacional, a atriz se arriscou a falar algumas frases em japonês ao ler um comentário sobre o Japão feito por um fã.

Quer assistir aos 27 minutos de vídeo? Confira abaixo!