Leonardo DiCaprio quase morreu durante filmagem, diz cineasta

- O Estado de S.Paulo

Vencedor do Oscar foi salvo por Edward Norton ao se afogar durante um mergulho em Galápagos

Leonardo DiCaprio é conhecido por se entregar aos personagens, o que às vezes pode ter consequências bem perigosas. Um exemplo disso foi o período em que gravou O Regresso (2015), pelo qual ganhou o tão aguardado Oscar, em que nadou em rios congelantes e chegou a comer carne crua.

Quatro anos antes, em Django Livre, o ator continuou uma cena de discussão mesmo após cortar uma das mãos ao batê-la fortemente em uma mesa. Mas nada disso chega perto do que ele vivenciou em 2010, segundo revelou o diretor Fisher Stevens à revista GQ. E adivinha quem salvou a vida do ator? Edward Norton! 

Segundo o cineasta, o eterno Jack de Titanic se afogou ao gravar uma cena do filme Before the flood ("Antes do dilúvio" em tradução livre) debaixo da água. DiCaprio era um dos produtores do documentário e mexia numa pequena câmera para registrar um mergulho da bióloga marinha Sylvia Earle em Galápagos.

Nesse momento, o diretor se afastou para acompanhar mais de 300 arraias junto com o ator Edward Norton. "Depois de 20 minutos, eu perdi todos eles [DiCaprio e Sylvia]. Então, vi Leo quase sem respirar, pois seu tanque estava vazando oxigênio, e Edward precisou salvá-lo", relata Stevens.

O documentário Before the flood aborda as mudanças climáticas e estreia neste ano nos Estados Unidos. Em entrevista à revista Wired, DiCaprio confidenciou que viveu outras três experiências de "quase-morte": o ataque de um tubarão, a explosão do motor de um avião e um acidente ao pular de pára-quedas.