Kim Kardashian revela que teve medo de ser estuprada durante assalto na França

- O Estado de S.Paulo

Socialite falou sobre o episódio no reality 'Keeping Up With The Kardashians'

Programa foi ao ar no último domingo, 20

Programa foi ao ar no último domingo, 20 Foto: REUTERS/Eduardo Munoz

No último domingo, 19, foi ao ar nos Estados Unidos o episódio do reality show Keeping Up With The Kardashians em que Kim Kardashian fala sobre o roubo que sofreu em 3 de outubro do último ano, em Paris. 

A socialite disse que suspeitava que seria estuprada e morta. "Então [um dos homens armados] colocou fitas no meu rosto, na minha boca para não me deixar gritar e então, ele pegou a minhas pernas, e eu não estava usando nada por baixo [do meu robe]", relembrou. "Ele me puxou até ele na frente da cama e eu pensei 'ok, esse é o momento, eles vão me estuprar'", mas, em vez disso, amarraram suas pernas. 

Kim revelou que no momento em que apontaram uma arma para sua cabeça, eles a matariam. "Eu rezei para que Kourtney continuasse a ter uma vida normal depois que encontrasse meu corpo na cama", afirmou sobre a irmã, que estava com ela na França para a semana de moda de Paris.

De acordo com a estrela do reality, os ladrões a deixaram no banheiro antes de escapar com suas joias, que valiam milhões de dólares. Eles levaram um anel de diamante de 20 quilates, estimado em 4,5 milhões de dólares. 

Em seu Instagram, Kim falou sobre seu relato. "Eu passei por um experiência trágica e horrível e não deixei isso me derrubar, cresci e evolui e deixei essa experiência me ensinar. Posso dizer que me tornei muito melhor por causa disso...", escreveu. "Obrigada por me deixarem compartilhar minha história nesta noite." 

O episódio do reality show vai ao ar no Brasil no próximo dia 20.