Jennifer Lawrence diz que ler críticas a 'Mãe!' foi um dos motivos para término com Darren Aronofsky

Redação - O Estado de S.Paulo

'Quando eu voltava para o hotel, a última coisa que eu queria era falar ou pensar sobre o filme, mas tudo o que ele queria fazer era falar sobre isso', falou a atriz

Jennifer Lawrence foi a protagonista do filme 'mãe!', lançado em setembro deste ano.

Jennifer Lawrence foi a protagonista do filme 'mãe!', lançado em setembro deste ano. Foto: Jordan Strauss/Invision/AP

Parece que as críticas a Mãe! foram um dos motivos para o término do namoro entre Jennifer Lawrence e Darren Aronofsky, que é o diretor do filme. Em entrevista à Variety, a atriz contou que ler as críticas se tornou um "hábito pouco saudável".

"Normalmente, eu promovo um filme, você se dedica ao que está promovendo, pede para que as pessoas assistam e pronto, é só isso que você pode fazer. Geralmente eu deixo levar. Mas namorar o diretor era diferente', falou Jennifer.

"Nós estávamos em turnê juntos. Eu voltava para o hotel e a última coisa que queria era falar ou pensar sobre o filme. Ele volta da turnê e tudo o que ele quer fazer é falar sobre isso, e eu entendo. É o bebê dele, ele escreveu, concebeu, dirigiu. Eu estava fazendo um trabalho em dobro tentando apoiar meu parceiro enquanto também estava, tipo, 'podemos, pelo amor de deus, não falar sobre Mãe! por um segundo?'", relembra.

Então ele começou a ler algumas críticas sobre o filme para ela, e ela não achava isso um hábito saudável. "Eu falei: 'Isso não é saudável. Nenhum de nós tem que fazer isso porque, se eu leio, eu vou começar a ficar na defensiva', especialmente porque é meu homem. Eu não quero mostrar que estou defendendo algo que fiz em entrevistas, é ótimo o que nós fizemos. Algumas pessoas odiaram, e e as pessoas que odiaram realmente odiaram, mas não há nada que precisa ser defendido e, se eu leio uma crítica negativa, eu sinto que preciso me defender", completou.