Isis Valverde ganha processo judicial e será indenizada pela revista Playboy

Redação - O Estado de S.Paulo

Atriz receberá em torno de R$ 110 mil da publicação

Isis Valverde

Isis Valverde Foto: Globo / Estevam Avellar

Na última terça-feira, 20, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a editora Abril deverá indenizar Isis Valverde pela publicação de uma foto dela na revista Playboy sem autorização.

De acordo com o advogado da atriz, Marcelo Cama Proença Fernandes, à decisão não cabe recurso e o valor da indenização por danos morais é de cerca de R$ 110 mil. Além disso, a atriz ainda vai receber indenização por danos materiais, que ainda será calculada. 

"O STJ ainda vai calcular quando uma atriz desse porte receberia se tivesse posado para a revista, isso tem que passar por perícia e uma série de outras avaliações", explicou o advogado.

Em 2007, a revista publicou uma imagem com os seios da atriz na seção Click, com a chamada: "Isis Valverde, no Rio, dá adeusinho e deixa escapar cartão de boas-vindas". A foto foi tirada, segundo o STJ, durante uma gravação de uma cena da novela Paraíso Tropical. 

Procurada pelo E+, a editora Abril disse que não se manifestará quanto ao assunto.