Homem invade casa de Taylor Swift e é detido

BANG SHOWBIZ - O Estado de S.Paulo

'Emocionalmente perturbado', o intruso foi levado ao hospital para avaliação

Foto: Bang Showbiz

Um homem entrou na casa de Taylor Swift, em Nova York, nesta terça, 10, mas a equipe de segurança encontrou o suposto invasor e chamou a polícia, que chegou no local por volta das 18h. A cantora do sucesso Shake It Off não estava presente quando a pessoa não identificada apareceu na porta de sua propriedade.

Oficiais descreveram o homem como "desorientado" enquanto ele era algemado, e um vídeo postado no TMZ mostrou que ele tinha uma mochila e que a polícia revistou seus pertences. Fontes disseram ao site que o homem estava "emocionalmente perturbado" e que ele foi levado ao hospital para avaliação.

Não está claro se ele fez ameaças ou teve acesso à casa da cantora, mas até agora ele não foi condenado por qualquer crime. Esta não é a primeira vez que a estrela, de 26 anos de idade - que está namorando o DJ Calvin Harris - teve problemas com visitantes indesejados.

Em fevereiro, a polícia foi chamada depois que um homem não identificado ficou "gritando" para ela sair de sua propriedade em Bel Air, levando os vizinhos a ligarem para a emergência para obter ajuda.

Ele foi levado para observação médica e mais tarde liberado sem acusações. Não se sabe se Taylor estava em casa durante o incidente. E duas semanas antes disso, um homem foi preso em outra de suas casas e, após ter sido interrogado pela polícia, também foi enviado para avaliação médica.

A cantora do sucesso Bad Blood já foi forçada a garantir ordens de restrição contra uma série de perseguidores no passado. Timothy Sweet foi condenado a ficar longe dela e de seus pais, Andrea e Scott, por três anos em março de 2014 depois que ele mandou dezenas de e-mails, cartas e mensagens nas mídias sociais declarando seu amor por ela.

Ele também supostamente ameaçou "matar qualquer homem", incluindo o Secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, que ficasse entre ele e Taylor, uma vez que ele acreditava que era casado com a cantora.

Já Christian Ewing foi preso e acusado depois de ter sido contido por quatro dos guarda-costas da cantora do sucesso 'Blank Space' quando ele se infiltrou em seu concerto no Petco Park, em São Diego, na Califórnia, em 2015, e pulou no palco ao lado da estrela.

Embora ele tenha sido arrastado, acredita-se que um membro da equipe de Taylor teria quebrado uma costela durante o incidente. A promotora pública Jessica Coto disse no tribunal que, quando questionado por que ele subiu ao palco, ele disse, "Eu amo essa garota".