Gisele Bündchen agradece Temer por veto, mas avisa: ‘Continuamos de olho’

Redação - O Estado de S. Paulo

Presidente não permitiu redução de área preservada da Floresta Amazônica e marcou a modelo em tuíte

Modelo e presidente trocaram tuítes nos últimos dias

Modelo e presidente trocaram tuítes nos últimos dias Foto: Dimitrios Kambouris/AFP | Ueslei Marcelino/REUTERS

A modelo Gisele Bundchen voltou a citar Michel Temer em sua conta no Twitter. No último dia 13, ela havia pedido que o presidente vetasse as Medidas Provisórias 756/2016 e 758/2016, que liberariam 1,5 milhão de acres da Amazônia para desmatamento.

A resposta do presidente veio nesta segunda-feira, 19, também pela rede social. “@giseleofficial e @WWF, vetei hoje integralmente todos os itens das MPs que diminuíam a área preservada da Amazônia”, escreveu Temer.

Nesta terça, 20, a modelo agradeceu o veto, mas avisou que seguirá cobrando por causas ambientais.

“Obrigada por vetar as MPs Exmo Sr. Presidente @micheltemer, mas continuamos de olho!’’, tuitou.