Gabriela Pugliesi posta foto sobre doação de sangue, mas seguidores descobrem erro

Redação - O Estado de S.Paulo

A foto foi republicada pelo Ministério da Saúde, órgão parceiro da blogueira na campanha

A modelo fitness Gabriela Pugliesi se envolveu em polêmica sobre doação de sangue

A modelo fitness Gabriela Pugliesi se envolveu em polêmica sobre doação de sangue Foto: Instagram/gabrielapugliesi

Na última segunda-feira, 12, Gabriela Pugliesi se envolveu em uma polêmica ao publicar uma foto no seu Instagram com um adesivo, grafado com #doesangue, para incentivar a doação de sangue.

Nos comentários da publicação, os seguidores afirmaram que ela não poderia doar sangue, já que a modelo fez uma tatuagem na mão no início do ano. Segundo as regras para doação, o doador só pode realizar o procedimento 12 meses depois de ter feito uma tatuagem.

No 'stories' do seu Instagram, Pugliesi tentou se explicar. Ela afirmou que, como é muito teimosa, foi até o posto verificar se não poderia mesmo fazer a doação. Pouco tempo depois, ela compartilhou o texto de uma seguidora que disse mentir o tempo que fez uma tatuagem para conseguir doar.

"Eu não posso ser um exemplo e inventar que eu fiz há 12 meses, até porque muita gente me segue. Por mais que seja por um bom motivo e por mais que eu sei que muita gente mente por um bom motivo, eu não posso ser essa pessoa, por mais que eu quisesse", afirmou Pugliesi.

Confira a foto: