'Fumava 70 pedras de crack por dia', diz Rafael Ilha

Redação - O Estado de S.Paulo

Ex-Polegar chegou a ser morador de rua por seis meses

Rafael Ilha, ex-integrante do grupo Polegar

Rafael Ilha, ex-integrante do grupo Polegar Foto: Antonio Chahestian /Record

O ex-Polegar Rafael Ilha falou a respeito de sua dependência em drogas em entrevista ao Programa do Porchat que irá ao ar nesta terça-feira, 6. 

"A única coisa que eu me arrependo de tudo na vida foi o tempo que eu perdi com as drogas. Cheguei a morar quase seis meses na rua. Praticava pequenos furtos para sustentar meu vício... Eu fumava 70 pedras de crack por dia", contou.

Ele também falou a respeito da situação dos usuários de droga na região conhecida como 'Cracolândia', a qual ele garante que não frequentava: "Nunca fui de fumar em grupo".

 Rafael estava acompanhado de Aline Kezh, sua mulher. Os dois falam sobre o reality Power Couple Brasil, do qual foram eliminados recentemente, e também do período em que Rafael passou preso no Paraguai, por estar portando uma arma.

O Programa do Porchat vai ao ar na madrugada desta terça-feira, às 0h15.

Rafael Ilha ficou conhecido por ter ingerido o conteúdo tóxico de uma pilha durante uma crise de abstinência na década passada. Em maio, ele brincou com o fato posando ao lado de uma 'pilha' gigante. Confira na galeria abaixo esta e outras notícias bizarras ocorridas no último mês.