Filha de George Bush diz que seu pai era feminista e que a ensinou a criar filhas fortes

Redação - O Estado de S.Paulo

Jenna Bush Hager disse que o pai sempre fez ela e a irmã acreditarem que elas eram 'as mais inteligentes e capazes da sala'

Jenna Bush Hager tem duas filhas. 

Jenna Bush Hager tem duas filhas.  Foto: REUTERS/Mike Blake

Em entrevista à revista People, Jenna Bush Hager, filha de George W. Bush, disse que se inspira muito em seu pai na criação de suas filhas. Ela é mãe de Mila, de quatro anos, e Poppy, de um ano e oito meses.

"Eu acho que algo que meus pais fizeram muito bem e pode surpreender as pessoas, apesar de eu não saber por que, é que eles realmente queriam que nós fossemos curiosas, que pensássemos por nós mesmas. Eles queriam que tivéssemos nossas próprias visões e pudéssemos articulá-las", disse Jenna.

Jenna contou que, quando crianças, ela e sua irmã gêmea Barbara Pierce Bush, sempre se sentiram com "dó dos meninos" na escola. "Nosso pai sempre nos fez acreditar que nós éramos as mais inteligentes, as crianças mais capazes da sala", relembrou.

"As pessoas dão risada disso, mas eu acho que meu pai era um feminista. Ele nos mostrou que poderíamos ser o que quiséssemos. Eu quero que minhas filhas se sintam assim. Eu quero que elas se sintam fortes e capazes de conquistar o mundo", completou.