‘Este dia não é só meu’: Luiza Brunet 'dedica' condenação de seu ex-marido a todas as mulheres

Redação - O Estado de S.Paulo

O empresário Lírio Parisoto foi condenado a um ano de prisão por agressão a Luiza Brunet quando os dois eram casados

Luiza Brunet acusou o seu ex-namorado, Lírio Parisoto, de agredi-la em maio do ano passado

Luiza Brunet acusou o seu ex-namorado, Lírio Parisoto, de agredi-la em maio do ano passado Foto: Iara Morselli/ Estadão

A modelo Luiza Brunet usou as redes sociais para comemorar a sentença do Tribunal de Justiça de São Paulo que condenou seu ex-marido, o empresário Lírio Parisoto, por agredi-la. A modelo ainda dedicou a sentença a todas as mulheres.

“Difícil dizer o que sinto. Mas é um dia que me deixa realizada, com o coração pacificado e uma sensação de ter ido no caminho certo”, foi o que escreveu Luiza em sua conta nas redes sociais.

Desde que tornou o crime público, a atriz incentivou as mulheres a não se silenciarem. Agora, ponderou que o resultado do julgamento representa uma vitória nessa luta: “É um momento muito maior pelo que significa para tantas mulheres na mesma condição. Não existe aqui a Luiza. Existem mulheres”. 

Ela ainda aproveitou a sentença para elogiar a Lei Maria da Penha: “[Após o julgamento] existe a minha imensa felicidade pelo funcionamento da Justiça. Dessa incrível Lei Maria da Penha”.

Em suas redes sociais, o empresário condenado ressaltou que foi absolvido em duas das três acusações que havia contra ele. Lírio Parisoto afirmou que vai recorrer da condenação e que tem “certeza de que a verdade prevalecerá”.

Luiza Brunet terminou a postagem agradecendo todo o apoio que recebeu dos internautas e convocou as mulheres a lutarem pelo fim do crime de agressão contra a mulher: “Não se calem mulheres. Vamos mudar essa situação. Não acaba aqui”.

Confira a postagem de Luiza Brunet:

O empresário também se pronunciou através de sua conta nas redes sociais: