'Era divertido', diz Amado Batista sobre trabalhar 12 horas ao dia quando criança

Redação - O Estado de S.Paulo

Cantor falou sobre ter sido lavrador em Goiás durante a infância

O cantor Amado Batista

O cantor Amado Batista Foto: Instagram / @amadobatistaoficial

O cantor Amado Batista falou a respeito do trabalho infantil ao qual foi submetido durante sua infância no interior de Goiás em entrevista ao Sensacional, da RedeTV!. Porém, apesar das condições que hoje seriam consideradas irregulares, garantiu ter boas lembranças da época em que foi lavrador.

"Debaixo de chuva, de sol... começava tipo seis da manhã e parava seis da noite. Era bom, sabe? Eu não sentia falta de mais nada, era muito bom. Éramos crianças, mas era divertido. E, no final de semana sobrava tempo para a gente brincar, jogar bola", disse.

Ele também contou sobre pessoas que acreditam serem suas filhas até hoje: "Eu acho que por eu ser famoso, tem pessoas que às vezes acham que podem se dar bem. Volta e meia eu estou fazendo DNA de algumas pessoas que acham que são meus filhos, faz e, zerado, não acontece nada. Mas, por respeito à pessoa que acha que é, eu vou lá e faço, não tem nenhum problema, não."

Amado falou ainda a respeito de sua vida amorosa: "[O coração] está tranquilo. Não estou casado, estou solteiro, abandonado pelas princesas, mas vou encontrar uma ainda para cuidar de mim. Ainda não tenho, mas vou ficar na esperança."

"Que bom [seria] se a gente nascesse já pronto, não tivesse que aprender tudo isso, mas tivemos que aprender, que ralar, para poder ter experiência. Acho que valeu a pena tudo isso. Valeu e continua valendo. Adoro o que faço", filosofou sobre a vida.

Confira a chamada do programa abaixo: