Ed Sheeran sai do Twitter por conta de bullying

Redação - O Estado de S.Paulo

O cantor britânico cansou de ver mensagens negativas na sua timeline

Em entrevista para um jornal britânico, o cantor Ed Sheran explicou a razão por ter abandonado a sua conta no Twitter

Em entrevista para um jornal britânico, o cantor Ed Sheran explicou a razão por ter abandonado a sua conta no Twitter Foto: Reuters / Andrew Kelly

O cantor britânico Ed Sheeran, que fez shows aqui pelo Brasil em maio, disse em entrevista para o jornal The Sun que praticamente não usa mais o Twitter. Quem visitou o perfil dele nas últimas semanas percebeu que ele só usa a rede social como meio de divulgação dos posts que ele faz no Instagram. “Eu entro no Twitter e só vejo negatividade, é uma rede social que incentiva isso. Uma mensagem negativa já acaba com o seu dia”, disse ao jornal.

A saída repentina também pode ser consequência das respostas a um tuíte que ele publicou após sofrer críticas por possivelmente ter usado playback durante sua apresentação no festival de Glastonbury. Na ocasião, ele escreveu: “nunca pensei que teria que explicar isso, mas tudo o que faço nos meus shows é ao vivo. Eu uso loop station e não playback, pesquisem a diferença”. Fãs de Lady Gaga encararam o tuíte como uma crítica à cantora e começaram a mandar mensagens para Sheeran no Twitter.

“Os fãs da Lady Gaga leram isso e pensaram que foi uma crítica a ela. O Twitter é propício para esse tipo de coisa, as pessoas assumem algo como verdade e logo começam a invadir o perfil das vítimas com negatividade”, disse na mesma entrevista.

Não é a primeira vez que Sheeran diminui sua presença nas redes sociais. Ele, que já admitiu não ter mais um smartphone, ficou 2016 inteiro fora das redes para se dedicar à produção do seu terceiro álbum.