Donald Trump teria expulsado One Direction de um de seus hotéis

- O Estado de S.Paulo

De acordo com Liam Payne, o motivo seria o fato de o grupo não ter se encontrado com a filha do bilionário

.

. Foto: REUTERS/David McNew/File Photo

O cantor Liam Payne garante que já foi 'expulso', junto aos seus colegas de One Direction, de um hotel pertencente ao atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O motivo teria sido a recusa do grupo em se encontrar com sua filha na hora em que teria solicitado. O fato veio à tona em uma entrevista dada por Payne à revista Rollacoaster.

"Trump nos chutou para fora do hotel uma vez. É difícil de acreditar. Foi por causa da sua filha. Ele ligou para nosso empresário enquanto estávamos dormindo, e disse 'Bom, acorde-os'. Eu fiquei tipo: 'Não', e então ele não nos permitiu usar a garagem subterrânea. Obviamente em Nova York não não podíamos realmente ir para fora. Nova York é cruel para nós. Então ele disse: 'Ok, então não os quero em meu hotel'. E nós tivemos que ir embora'", contou à publicação.