Discussão sobre mãe de Johnny Depp seria a causa de agressão do ator à esposa

- Bang Showbiz

Filhos do astro, frutos de um relacionamento anterior, não queriam que Amber Heard estivesse junto ao leito de Betty Sue Palmer nos últimos dias de vida da avó

Johnny Depp enfrenta acusação de que teria agredido sua esposa

Johnny Depp enfrenta acusação de que teria agredido sua esposa Foto: Bang Showbiz

Uma discussão sobre a mãe doente de Johnny Depp teria ocasionado o incidente com o iPhone entre o ator e sua esposa, Amber Heard. Os dois filhos do astro, Lily-Rose, de 17 anos, e Jack, de 14 - frutos de um relacionamento dele com a cantora Vanessa Paradis - teriam sido contra a presença de Amber ao lado do leito de Betty Sue Palmer durante os últimos dias dela, o que resultou em uma briga acalorada entre o casal e que teria motivado Depp a atirar um telefone na mulher.

Uma fonte disse ao jornal 'The Sun': "Jack e Lily-Rose nunca aprovaram Amber, eles a aturavam por causa do pai. Mas estavam certos que não queriam que ela estivesse no leito de morte de Betty Sue - e isso causou um enorme atrito". As coisas esquentaram quando o ator informou Amber da vontade dos filhos, mas ela teria agido 'como uma criança petulante'. "Foi quando as coisas se tornaram desagradáveis e uma enorme briga aconteceu", relatou. O falecimento ocorreu no dia 20 e Amber entrou com pedido de divórcio três dias depois.

Entretanto, também alega-se que Johnny "estava enlouquecido" por suspeitas de que a atriz, de 30 anos, o estaria traindo com Cara Delevingne. O astro de Hollywood teria a crença de que sua mulher, bissexual, e a modelo britânica o estavam "fazendo de tolo". Ele recebeu uma ordem de restrição temporária em meio a acusações de que ele abusou fisicamente e verbalmente de Amber, embora negue o ocorrido.

"A amizade de Amber com Cara, que se tornou mais e mais próxima ao longo do tempo, trouxe o começo do fim de seu casamento com Johnny", afirmou uma fonte próxima do casal.

"Elas costumavam a festejar muito juntas e não fizeram nenhuma tentativa de esconder o fato de que elas estavam bastante sedutoras. Amber sempre deixou suas tendências bissexuais bastante óbvias. Mas isso provocaria brigas furiosas com Johnny, que odiava o quão indiscreta ela estava sendo. Em uma ocasião, ele ainda gritou para ela: 'Você está fazendo me fazendo de bobo'", relatou.