David Beckham comete gafe em visita a Hong Kong

Redação - O Estado de S.Paulo

O ex-jogador inglês conseguiu ofender chineses e moradores do território em um só post

O ex-jogador David Beckham cometeu gafe em visita a Hong Kong após postagem nas suas redes sociais.

O ex-jogador David Beckham cometeu gafe em visita a Hong Kong após postagem nas suas redes sociais. Foto: REUTERS/Andrew Kelly

Em breve passagem por Hong Kong para promover uma seguradora da qual ele é embaixador global, o ex-jogador inglês David Beckham conseguiu a façanha de irritar tanto chineses quanto moradores de Hong Kong. Um inocente “ótimas 48 horas na China” postado nas suas redes sociais fez com que a histórica rivalidade entre o antigo protetorado britânico e o país asiático aflorasse nos comentários.

Hong Kong foi território inglês até 1997 e, desde sua transferência para a China como território autônomo, há muita tensão entre os dois pelas investidas do governo de Pequim em tentar mudar as políticas de gestão e liberdades do local. O timing para essa gafe também não poderia ter sido pior, com o governo chinês reprimindo protestos pedindo mais democracia no território  após uma nova governadora ter sido escolhida em eleições indiretas no último final de semana.

Vários comentários foram postados criticando o fato dele ter chamado Hong Kong de China. Um deles disse: “aqui é Hong Kong, onde você não precisa de VPN para acessar seu Facebook”. A situação ficou ainda pior quando Beckham resolveu editar as postagens e colocou “ótimas 48 horas em Xangai e Hong Kong”, o que trouxe a ira dos chineses. Dessa vez, foi criticado por ser anti-China. Um internauta disse: “acredite ou não, mas Hong Kong pertence à República Popular da China!”.