Cauby Peixoto sonhava em ter museu com arquivos de sua carreira

- Bang Showbiz

Cantor faleceu no último domingo, 15, vítima de pneumonia

Cauby Peixoto desejava ter um museu com todo seu acervo musical.

Cauby Peixoto desejava ter um museu com todo seu acervo musical. Foto: Bang Showbiz

Cauby Peixoto fez um pedido a sua empresária, Nancy Lara, antes de morrer: que sua história fosse preservada.

"ua história não pode morrer jamais. Ele foi um exemplo por ter chegado à idade dele ainda trabalhando, levando sua arte para o público", disse Nancy em entrevista ao jornal Extra.

Ela também comentou que o cantor gostaria que fosse criado um espaço para guardar parte de sua história, uma espécie de museu. 

"Os fãs também têm muito material guardado. Até o fim da vida dele descobríamos coisas novas, até no exterior. Imagens e gravações raras. É um grande legado", disse.

O cantor de 85 anos morreu na noite de domingo, 15, em decorrência de uma pneumonia, no hospital Santa Maggiore, em São Paulo, onde estava internado desde o último dia 9.  

Na página oficial do cantor no Facebook, a notícia foi confirmada com a seguinte declaração: "Com muita dor e pesar informamos aos amigos e fãs que nosso ídolo Cauby Peixoto acaba de falecer, às 23h50 do dia 15 de maio. Foi em paz e nos deixa com eterna saudades. Pra sempre Cauby!"