Casal de youtubers tem casa invadida por atirador nos Estados Unidos

Redação - O Estado de S.Paulo

Christopher Giles estava obcecado por Meg Turney e invadiu a casa com intenção de matar seu namorado

Um casal de youtubers norte-americanos teve sua casa invadida por um atirador que queria matar um deles

Um casal de youtubers norte-americanos teve sua casa invadida por um atirador que queria matar um deles Foto: YouTube/MegTurney

Meg Turney e Gavin Free, famoso casal de youtubers norte-americanos, passaram por um momento assustador no fim de janeiro, quando um atirador invadiu a casa deles em Austin, no Texas, com a intenção de matar Gavin. Segundo a polícia da cidade, Christopher Giles estava obcecado por Meg e queria matar o namorado dela.

Segundo o jornal Albuquerque Journal, que obteve os documentos da investigação, Giles dirigiu 990 quilômetros de Albuquerque, onde morava, até Austin, munido de uma pistola. Quando o homem invadiu a casa na manhã do dia 26 de janeiro, o casal se escondeu no closet e chamou a polícia, que chegou ao local dez minutos depois e encontrou Giles morto, após possivelmente ter cometido suicídio.

No celular de Giles, a polícia encontrou vários indícios da sua obsessão por Meg Turney, incluindo mensagens declarando que iria matar Gavin Free. “De acordo com as imagens das câmeras de segurança, fica aparente que a intenção de Giles era matar os moradores daquela casa”, disse a polícia em documentos obtidos pelo jornal.

O casal comentou o caso pela primeira vez na última segunda-feira, 12, quando a imprensa revelou o crime. “Obrigado a todos pelas mensagens e um agradecimento especial para a polícia de Austin pela sua atuação rápida naquela manhã e seu apoio nesse momento complicado. Amo vocês”, escreveu Meg no Twitter. “As últimas semanas têm sido complicada para mim e Meg, mas nós estamos bem”, escreveu Gavin em outro tuíte.