Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank teriam deixado UFC por causa de Bolsonaro

Redação - O Estado de S.Paulo

O ator postou foto da arena em seu Twitter e depois avisou que havia ido para casa

  

   Foto: https://www.instagram.com/brunogagliasso/

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank foram embora do UFC 212 mais cedo na noite de sábado, 3. E, pelo que Bruno deu a entender em seu Twitter, foi por causa da presença do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

Na rede social, o ator postou uma foto na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, aproximadamente às 23h e escreveu: "Bem perto pra poder passar bastante energia positiva pros brasileiros no @UFC de hoje!"

Meia hora mais tarde, afirmou que estava indo para casa, mas não disse o porquê. À meia-noite, confirmou: "Já no meus aposentos, na frente da TV e bem longe do Bolsonaro."

 

 

 

O deputado também postou fotos da luta em seu perfil no Twitter. Já seu filho, o deputado estadual Flávio Bolsonaro, publicou mensagens contra Gagliasso no Twitter. "Ao invés de [sic] ser infantil, @brunogagliasso poderia procurar saber por que cada vez mais brasileiros admiram @jairbolsonaro", escreveu.

"No mínimo, @brunogagliasso descobriria que o monstro que desenharam pra ele sobre Bolsonaro simplesmente não existe", continuou. "Mas, ao que parece, @brunogagliasso está muito mais preocupado em aparecer do que buscar a verdade. Seja feliz...", finalizou Flávio.