Blac Chyna fala pela primeira vez após ter fotos íntimas vazadas pelo ex

Redação - O Estado de S.Paulo

A modelo falou na televisão norte-americana e disse que entrará com pedido de medida protetiva contra Rob Kardashian

Publicar fotos íntimas sem o consentimento da pessoa é crime conhecido como 'pornografia de vingança'

Publicar fotos íntimas sem o consentimento da pessoa é crime conhecido como 'pornografia de vingança' Foto: Danny Moloshok/ Reuters

A modelo Blac Chyna concedeu entrevista ao Good Morning America, um programa de televisão norte-americano da ABC News, na manhã desta segunda-feira, 10, para comentar o caso de pornografia de vingança causado por seu ex-marido, Robert Kardashian. Chyna e sua advogada afirmam que vão entrar na Justiça com um pedido de medida protetiva contra ele.

Blac Chyna declarou que se sentiu traída. “É alguém em quem eu confiei… Eu me senti confortável para lhe mandar aquelas imagens e conversar sobre certos assuntos”.

O casal estava separado desde dezembro de 2016. Na última quarta-feira, 5, Robert Kardashian postou fotos de Chyna nua em suas redes sociais. Ela disse que ficou atônita quando soube da atitude, considerada crime na Califórnia (onde os dois moram).

“Essa é uma pessoa em quem eu confiei. Eu me senti… traída”, contou. Sua advogada, Lisa Bloom, afirmou que Chyna pedirá medida protetiva contra o rapaz. “[O caso] também é abuso doméstico, o que nos permite obter uma medida protetiva para proteger Chyna”, explicou. Lisa ainda declarou que a modelo optou por manter a guarda conjunta de sua filha com Robert.

Perguntada sobre fotos que ela mesma postou em suas redes sociais com roupas que mostram grande parte de seu corpo, Chyna se defendeu alegando que o direito de decidir como exibir o seu corpo cabe somente a ela: “Eu sou Angela White [seu verdadeiro nome], eu sou Blac Chyna. Eu posso fazer o que quiser, é o meu corpo”.

A modelo alegou ao programa ABC News que espera que sua postura de lutar na Justiça sirva de exemplo para todas as mulheres que sofrem com esse tipo de crime. Sua advogada explicou que “não estamos pedindo às vítimas que mudem o seu comportamento, mas sim que os criminosos não realizem esse tipo de crime.”

Relembre outras personalidades que foram vítimas de vazamentos: