Atrizes devem se vestir de preto para o Globo de Ouro em forma de protesto

Redação - O Estado de S.Paulo

A revista 'People' informa que mulheres como Meryl Streep e Emma Stone pretendem passar mensagem sobre assédio durante a premiação

Emma Stone, Meryl Streep e Jessica Chastain estariam entre as participantes do protesto

Emma Stone, Meryl Streep e Jessica Chastain estariam entre as participantes do protesto Foto: REUTERS/Mike Blake | REUTERS/Lucy Nicholson | John Shearer/Invision/AP

Atrizes como Jessica Chastain, Meryl Streep e Emma Stone estariam organizando um protesto contra o assedio sexual para a cerimônia de premiação do Globo de Ouro no dia 7 de janeiro. A informação é da revista People.

De acordo com a publicação, várias atrizes pretendem ir à cerimônia vestidas de preto e, possivelmente, estender a manifestação para outras premiações durante a temporada.

O ano de 2017 foi marcado por denúncias de assédio sexual contra nomes de peso no entretenimento, como Harvey Weinstein, Dustin Hoffman e Louis C.K.

VEJA TAMBÉM: Racismo, transexualidade, abuso sexual: relembre temas que foram debatidos nas redes em 2017