Ariana Grande 'dá aula' de feminismo e defende a luta pela igualdade de gênero

- Bang Showbiz

Cantora sente que é seu dever lutar pela igualdade de gênero por causa das mulheres em sua família

Em entrevista à revista 'Grazie', Ariana Grande deu uma aula de feminismo

Em entrevista à revista 'Grazie', Ariana Grande deu uma aula de feminismo Foto: Divulgação

Ariana Grande sente-se responsável por lutar pela igualdade de gênero. A cantora é orgulhosa das mulheres de sua família, incluindo sua tia falecida, a candidata ao prêmio Pulitzer, Judy Grande - que morreu de câncer em 2008.

"Venho de uma longa linhagem de mulheres ativistas. Sinto que eu tenho que carregar o legado de [Judy]. Sinto que é minha responsabilidade de continuar a luta", disse à revista Grazia.

Ela também comentou que se sente frustrada com as maneiras diferentes como homens e mulheres são retratados aos olhos do público quando eles fazem coisas semelhantes.

"Quando um jovem artista masculino posta uma foto sem camisa no Instagram, os comentários serão como: 'Oh meu Deus, olhos do coração, tão gostoso, olá'. Tipo, qualquer coisa. Se uma mulher posta uma foto sugestiva ou qualquer coisa que expressa sua própria sexualidade ou confiança dentro de seu corpo, é uma resposta muito diferente", disse.

Ariana também mostrou preocupação pelo fato de muitas mulheres não estarem plenamente conscientes do que significa ser uma feminista. 

"Sou uma mulher, então encaro minha parcela justa de padrões duplos, a misoginia e a ignorância diariamente. Muitas mulheres pensam sobre o estereótipo que vem com a palavra" feminista". Mas não há apenas um tipo de feminista. Você pode ser uma feminista que tem seu cabelo e maquiagem feitos, você pode ser uma feminista que corta seu cabelo e não usa qualquer maquiagem. Que faz muito sexo ou não. Não há limite", relatou.