Apresentador da Record TV morre depois de passar mal em voo 

Redação - O Estado de S.Paulo

Jota Júnior sofria de bronquiectasia e estava afastado do 'Cidade Alerta' desde março de 2016

Apresentador Jota Júnior, de afiliada da Record TV
 

Apresentador Jota Júnior, de afiliada da Record TV   Foto: https://www.instagram.com/p/BDg4QcwjjjV/?taken-by=jotajuniortv

Na última segunda-feira, 24, Jota Júnior, apresentador do Cidade Alerta da Paraíba, morreu depois de passar mal durante um voo. Ele sofria de bronquiectasia e, a caminho de Porto Alegre, onde continuaria seu tratamento, teve queda de pressão. 

O avião já teria de parar em Belo Horizonte para abastecer e os médicos que acompanhavam o apresentador acharam melhor que ele fosse para o hospital. Internado, ele sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. 

A bronquiectasias é uma doença em que brônquios são lesados, o que os faz dilatares e ficarem com paredes engrossadas. Consequentamente, a pessoa cria uma dificuldade de eliminar muco, o que causa infecções. 

Jota Júnior estava afastado da TV Correio, afiliada da Record TV na Paraíba, desde março de 2016, para tratamento de saúde. 

No Facebook, a emissora lamentou a perda do apresentador. "Seu carisma, profissionalismo e história permanecem e viverão para a prosperidade. A família Correio, de luto, presta a solidariedade à família, amigos e fãs."