Amanda Seyfried revela que tem TOC

- Bang Showbiz

Atriz disse que o transtorno afeta a maior parte de sua vida

Foto: Reprodução/ Instagram

Amanda Seyfried revelou que sofre com Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC). A atriz possui o transtorno há anos e toma remédios antidepressivos para ajudá-la a controlar os sintomas.

Em entrevista à edição de novembro da revista 'Allure', ela disse que toma medicamentos para tratar a doença há 11 anos. "Estou na dose mais baixa. Não vejo o ponto de parar de tomá-lo. Se é placebo ou não, não quero arriscar. E contra o que você está lutando? Apenas o estigma do uso de uma ferramenta? Doença mental é uma coisa que as pessoas classificam em uma categoria diferente [de outras doenças], mas eu não acho que seja. Deveria ser levada tão a sério como qualquer outra coisa".

A atriz admitiu que a condição tem tido um impacto negativo sobre sua vida e ela até chegou a pensar que tinha um tumor cerebral, mas foi apenas sua ansiedade que a fez acreditar nisso.

"Você não vê a doença mental: não é uma massa; não é um cisto. Mas está lá. Por que você precisa prová-la? Se você pode tratá-la, você a trata. Tinha muita ansiedade quando veio do TOC e pensei que tinha um tumor no meu cérebro. Fiz uma ressonância magnética e o neurologista me encaminhou a um psiquiatra. À medida que envelheço, os pensamentos e medos compulsivos têm diminuído muito. Saber que uma grande quantidade dos meus medos não são baseados na realidade realmente ajuda".

Amanda também disse que viver sob os olhos do público não ajuda seus sintomas e sua fama pode piorar o TOC. "É engraçado quando a insegurança bate em você. Às vezes sinto que eu conheço o mundo tão bem, mas depois... é tão debilitante. Você pensa: 'O que estou fazendo aqui? Ninguém quer me ver. Por que você está tirando minha foto?' É estúpido, é irracional, e não é tudo sobre mim, mas torno isso sobre mim, porque sou insegura".