Alanis Morissette alega ter tido milhões roubados e processa ex-agentes

- O Estado de S.Paulo

Cantora afirma ter sido lesada em cerca de US$ 4,7 milhões pela empresa GSO e um dos funcionários da companhia, Jonathan Schwartz

Alanis Morissette 

Alanis Morissette  Foto:

Alanis Morissette entrou com uma ação na Justiça dos Estados Unidos contra seus antigos empresários, de acordo com o site TMZ. Para mover o processo no valor de US$ 15 milhões, a cantora alega ter sido roubada em cerca de US$ 4,7 milhões pela empresa GSO e seus representantes, entre eles Jonathan Schwartz, que também representa Beyoncé e Mariah Carey.

A GSO, por sua vez, entrou nesta segunda-feira, 16, com um processo próprio contra Schwartz porque Alanis estava ameaçando entrar na Justiça contra a empresa. Na ação contra os envolvidos, a cantora diz que há um padrão de má conduta por parte dos agentes.

De acordo com a cantora, US$ 8 milhões foram transferidos de suas contas sem o seu consentimento e alguns milhões de dólares dela desapareceram.