'A mulher nasceu para servir e dar carinho', limita Andressa Urach

Redação - O Estado de S.Paulo

Ex-vice-Miss Bumbum criticou feminismo em entrevista ao 'Luciana By Night' que vai ao ar na próxima terça-feira, 11

Andressa Urach

Andressa Urach Foto: Instagram / @andressaurachoficial

A  ex-vice-Miss Bumbum Andressa Urach fez novas declarações consideradas infelizes a respeito do papel da figura feminina na sociedade.

"A mulher nasceu para servir e dar carinho. Se o marido não gosta de algum comportamento ou roupa, por que eu não vou concordar com ele, se sei que ele quer o melhor pra mim?", disse em em entrevista ao programa Luciana By Night que irá ao ar na próxima terça-feira, 11, na RedeTV!.

"O homem é o líder, a cabeça da relação. Com carinho e jeitinho, não precisamos impor nada. Conseguimos tudo o que quisermos de um homem se soubermos lidar com ele. Essa coisa de ser muito feminista, não dá", prosseguiu a ex-modelo que se converteu à religião cristã há alguns anos, após ter passado por problemas de saúde.

Andressa também falou a respeito de sua biografia, publicada em 2015. De acordo com ela, sua intenção com a publicação não era ganhar dinheiro, mas sim salvar almas: "Meu passado é vergonhoso e é muito difícil falar dele. Tive náuseas e passei mal por ter que lembrar de alguns momentos para escrevê-lo".