Voo é interrompido por conta de wi-fi com nome suspeito

Redação - O Estado de S.Paulo

Um passageiro criou uma rede com nome ‘bomba a bordo’ e fez o voo fazer um pouso de emergência

Um voo da Turkish Airlines que ia de Nairóbi até Istambul teve que fazer voo de emergência após um passageiro criar uma rede wi-fi com o nome de 'bomba a bordo'

Um voo da Turkish Airlines que ia de Nairóbi até Istambul teve que fazer voo de emergência após um passageiro criar uma rede wi-fi com o nome de 'bomba a bordo' Foto: Azad Lashkari/Reuters

Um voo da Turkish Airlines que ia de Nairóbi, capital do Quênia, até Istambul, na Turquia, teve que fazer pouso de emergência em Cartum, no Sudão, após passageiros descobrirem uma rede wi-fi com o sugestivo nome de 'bomba a bordo’ e alertarem a tripulação.

Em comunicado obtido pela Reuters, a companhia aérea disse que, após as autoridades inspecionarem a aeronave, nenhum artefato explosivo foi encontrado e o voo continuou normalmente até seu destino “Especialistas disseram que a rede wi-fi em questão foi criada a bordo do avião. Nenhuma irregularidade foi descoberta após os procedimentos de segurança serem realizados e todos os passageiros foram levados de volta à aeronave após o embarque recomeçar”, disse a Turkish Airlines.

Os 100 passageiros da aeronave chegaram ao seu destino e a companhia aérea não deu maiores detalhes se algum deles foi apontado como o responsável pela brincadeira de mau gosto.

/Com informações da Reuters