Tinder dá boas-vindas aos usuários transgêneros na Europa

AFP - O Estado de S.Paulo

Na Espanha, França e Alemanha há mais opções no aplicativo além de homem e mulher 

Possibilidade já existia nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Possibilidade já existia nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido Foto: REUTERS/Mike Blake/Illustration

PARIS - Os usuários espanhóis, franceses e alemães do Tinder poderão escolher entre diversas opções para definir seu gênero. A alternativa já existia nos Estados Unidos. 

Até agora, nestes países os usuários do Tinder só podiam se definir de duas maneiras: homem ou mulher. 

"Para as pessoas que não se reconheciam com essa definição binária, como por exemplo as pessoas transgênero, agênero ou não-binária, essas opções limitadas criavam problemas evidentes", explicou o aplicativo em um comunicado. 

Os usuários podem decidir se querem que apareça ou não seu gênero no perfil. Se quiserem que seja visto, podem selecionar sua identidade sexual em uma listra pré-definida ou preencher o espaço com a terminação que preferirem. 

A lista de gêneros proposta na Espanha, França e Alemanha foi elaborada em colaboração com as associações Inter-LGBT e Transgender Europe.

O Tinder já havia trabalhado com uma associação, a Gay & Lesbian Alliance Against Defamation (Aliança de Gays e Lésbicas Contra a Difamaçã0), para lançar a opção nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido em novembro do ano passado. 

"O feito de que um aplicativo como Tinder afirme claramente que não existem unicamente dois gêneros é uma mensagem forte", disse Clémence Zamora-Cruz, porta-voz da Inter-LGBT. / AFP