Sobrevivente de acidente mostrado em 'live' fala pela primeira vez

Redação - O Estado de S.Paulo

Manuela Seja era namorada da garota que não sobreviveu; ela não culpa a motorista

Adolescente canta e gesticula ao dirigir, antes de provocar acidente que matou a irmã

Adolescente canta e gesticula ao dirigir, antes de provocar acidente que matou a irmã Foto: Reprodução/YouTube

O caso do acidente de carro transmitido ao vivo pelo Instagram chocou na última sexta-feira, 21. Obdulia Sanchez, de 18 anos, dirigia na estrada entre as cidades de Fresno e Stockton, na Califórnia, com a irmã mais nova, Jacquelin no banco de passageiros e Manuela Seja, namorada de Jacquelin, no banco de trás.

Obdulia transmitia uma ‘live’ na rede social ao mesmo tempo em que conduzia o veículo e perdeu o controle da direção.

Em entrevista à emissora norte-americana ABC, Manuela não quis discutir o acidente em si e decidiu focar no relacionamento que já durava sete meses com Jacquelin. "Nunca pensei que algo do tipo pudesse acontecer", disse Manuela. “Ela não era como as outras pessoas, era naturalmente engraçada e não precisava nem forçar. Sempre conseguia fazer os outros rirem de coisas bobas, queria viajar pelo mundo e fazer tanta coisa”, lamentou.

Manuela vivia em Fresno enquanto Jacquelin vivia em Stockton com sua família. Era comum Obdulia levar sua irmã até a cidade pelo trajeto do acidente. “Todo final de semana ela vinha até aqui”, falou a garota. Ela não está brava com Obdulia por conta do ocorrido: “Honestamente, não estou brava e nem culpo ninguém”, disse. “Tudo gira em torno das redes sociais, assim que é a vida atualmente. E isso vai piorar ainda mais”, completou.

A polícia de Los Banos está investigando o caso. Obdulia foi presa e está aguardando indiciamento após sua fiança ser estabelecida em US$ 300 mil (cerca de R$ 950 mil).