Serviço Secreto da Austrália usa desafios online para recrutar espiões

Redação - O Estado de S.Paulo

No teste, candidato tem de prestar atenção a detalhes, descobrir a melhor abordagem para falar com pessoas e reconhecer rostos e nomes

Primeira pergunta do teste pede que o candidato adivinhe qual é o número que falta na sequência.

Primeira pergunta do teste pede que o candidato adivinhe qual é o número que falta na sequência. Foto: www.morehumanintelligence.com.au

O Serviço Secreto de Inteligência Australiano (ASIS, na sigla em inglês) tem um novo método para descobrir pessoas que estão aptas ao serviço de espião: uma série de exercícios online. Mas não pense que se trata de questionários de conhecimentos gerais ou testes de lógica.

Ao entrar no site de recrutamento do ASIS, o visitante lê a frase 'a entrevista de emprego mais interessante', e é solicitado o uso de fones de ouvido. Então o candidato vê um elevador e tem que decifrar qual é o próximo número na sequência de andares. Depois disso, a porta do elevador se abre e uma mulher dá as boas-vindas.

Logo no início, há de se ter atenção aos detalhes: a mulher pergunta qual o horário que marcava o relógio que estava atrás dela assim que a porta do elevador se abriu. Os desafios se seguem em um aeroporto e, depois, em um avião, e os testes vão desde reconhecer rostos e nomes de pessoas a descobrir a abordagem correta para falar com funcionários, além de prestar atenção ao que três pessoas estão falando ao mesmo tempo.

"O que nós estamos procurando são pessoas com diferentes repertórios e vivências. Pessoas que têm um olhar curioso, que são, obviamente, inteligentes – é um serviço de inteligência, afinal – pessoas que são observadoras, brilhantes e capazes de criar relacionamentos. Estejam preparados para sair pelo mundo e agir pelos interesses nacionais da Austrália", explicou a Ministra de Relações Exteriores da Austrália, Julie Bishop, ao programa de TV Sunrise.

Se o candidato tiver os atributos que eles estão procurando, ele vai receber um código de aplicação e poderá seguir em frente no processo seletivo.