Relógio que caiu no duto de ar há 13 anos toca despertador todos os dias

Redação - O Estado de S.Paulo

Jerry Lynn esperava que a bateria acabasse em dois ou três meses, mas isso não ocorreu

Casal já não se incomoda mais com o despertador todos os dias, às 18h50

Casal já não se incomoda mais com o despertador todos os dias, às 18h50 Foto: Pixabay

Há 13 anos, todos os dias, o relógio da casa de Jerry Lynn toca às 18h50. Em entrevista à CNN, o norte-americano da Pensilvânia disse que ele e a mulher não se incomodam e acham até fofo. 

Em 2004, Lynn pendurou o relógio de sua mulher em uma corda, passou-o pelo duto de ar da sala e o colocou para despertar para identificar o local que teria que fazer um buraco para passar os cabos de sua TV. A ideia era ouvir o barulho e marcar o lugar exato da parede. 

No entanto, a corda que segurava o despertador estourou e, desde estão, o relógio está no duto de ar da casa. Todos os dias, há 13 anos, o despertador toca no horário programado por Lynn. 

À CNN, ele disse que o barulho dura menos de um minuto e pode ser ouvido de qualquer cômodo do primeiro andar. Ele esperava que a bateria acabasse em dois ou três meses, mas isso não ocorreu. 

O casal não planeja tirar o relógio de lá. "Nós nem reparamos porque estamos muito acostumados. É mais uma conversa quando temos convidados", disse. 

Ele pondera que sua ideia em pendurar o despertador e coloca-lo para tocar não foi uma má ideia, "só não teve uma boa execução".