Pai com câncer terminal antecipa Natal para que filho de 10 meses tenha boas lembranças

- O Estado de S. Paulo

Jay Clarke descobriu que tinha câncer no pâncreas em estágio avançado apenas dois meses antes de seu filho Maxie nascer

"Hoje foi um dia muito especial, Maxie é muito jovem e as imagens são memórias que nunca desaparecerão", disse Jay sobre a comemoração antecipada

"Hoje foi um dia muito especial, Maxie é muito jovem e as imagens são memórias que nunca desaparecerão", disse Jay sobre a comemoração antecipada Foto: Divulgação

Jay Clarke, 41 anos, e Caroline Donoghue, 37 anos, já foram diagnosticados como inférteis, mas em 2015 tiveram uma grande surpresa: ela estava grávida. No entanto, o casal também recebeu outra notícia inesperada e, infelizmente, nada boa. Após sentir fortes dores no estômago, Jay descobriu que tinha câncer no pâncreas em estágio avançado. Isso, apenas dois meses antes do filho Maxie nascer. O papai não se deixou abater mesmo sabendo que poderia não participar do Natal de seu bebê. Ele resolveu adiantar a comemoração para garantir que o pequeno tenha boas lembranças dessa época. 

Jay já escreveu várias cartas de Natal e aniversário para Maxie, que completa um ano em janeiro, para que sejam abertas futuramente. “Maxie vai receber cartões até seus 18 anos, assim como presentes em aniversários significativos. Claro que eu queria estar lá, na vida real, mas eu tenho que ir para outro lugar. Eu aceitei isso”, disse o papai ao tabloide britânico 'Mirror'.