No Tinder, brasileiros preferem buscar europeus e norte-americanos

Redação - O Estado de S.Paulo

Relatório sobre a função Passport mostra que brasileiros apreciam o padrão de beleza norte-americano e europeu

Função Passport permite ao usuário pagante fazer buscas por pessoas em outros países

Função Passport permite ao usuário pagante fazer buscas por pessoas em outros países Foto: Reuters/Mike Blake/Illustration

O aplicativo de encontros Tinder divulgou nesta terça-feira, 13, um relatório sobre a ferramenta Passport, que permite aos usuários assinantes localizar pessoas em qualquer parte do mundo. Os resultados mostram que os brasileiros têm preferência pelo padrão de beleza norte-americano e europeu.

Conforme os dados, a maioria de nossas buscas pela opção Passport foram feitas para encontrar parceiros nos Estados Unidos. E, de todos os países do mundo, os norte-americanos foram justamente os que mais procuraram por brasileiros. 

Por conta do idioma, Portugal é o segundo país onde brasileiros mais tentam buscar um 'date', seguido por Argentina, único país latino-americano no top 10. O resto do ranking é ocupado por europeus.

O relatório também mostra que os brasileiros têm a maior média de match no mundo: 15%. E somos o terceiro país com mais usuários, atrás de Estados Unidos e Reino Unido. 

Os dados conversam com outras pesquisas, que mostram que solteiros paqueram seis pessoas ao mesmo tempo e que São Paulo é a cidade com maior número de 'crushe's na virada do ano.

Confira o ranking:

Países onde os brasileiros mais procuram 'dates'

1.  Estados Unidos

2.  Portugal

3.  Argentina

4.  Itália

5.  Reino Unido

6.  Espanha

7.  Alemanha

8.  Suécia

9.  Rússia

10. França

Países que mais procuram brasileiros

1.  Estados Unidos

2.  Reino Unido

3.  Argentina

4.  Canadá

5.  Turquia

6.  Austrália

7.  Alemanha

8.  Chile

9.  França

10. Índia