Mulheres são detidas em aeroporto após cirurgia plástica deixá-las irreconhecíveis

Redação - O Estado de S.Paulo

Oficiais do aeroporto de Seoul não conseguiram identificar as chinesas pelas fotos dos passaportes

Três chinesas foram detidas no aeroporto de Seoul após cirurgia plástica deixá-las irreconhecíveis em relação ao seus passaportes

Três chinesas foram detidas no aeroporto de Seoul após cirurgia plástica deixá-las irreconhecíveis em relação ao seus passaportes Foto: Pixabay/SofiLayla

Um caso bizarro aconteceu no Aeroporto Internacional de Incheon, em Seoul, na Coreia do Sul: três mulheres chinesas tiveram seu embarque de volta a Pequim negado após fazerem procedimentos estéticos tão intensos que seus rostos ficaram irreconhecíveis em relação às fotos de seus passaportes, informa o Daily Mail.

As chinesas aproveitaram um feriado local para ir fazer cirurgia plástica na Coreia do Sul, que oferece o serviço a preços baixíssimos por conta dos subsídios que o governo sul-coreano dá aos serviços médicos. Quando foram voltar para Pequim, os oficiais do aeroporto não as deixaram embarcar porque o enorme inchaço nos seus rostos por conta dos procedimentos tornou impossível a tarefa de compará-las com as fotos nos passaportes.

A foto das três sentadas no aeroporto, com as cabeças enfaixadas e inchadas viralizou nas redes sociais chinesas e não há informações se elas conseguiram posteriormente embarcar para casa.

Veja abaixo a foto:

VEJA TAMBÉM: Personalidades que exageraram nas cirurgias plásticas - e ficaram irreconhecíveis.