Mulher vai ao médico com suspeita de infecção renal - mas na verdade era gravidez

Redação - O Estado de S.Paulo

Katie O'Brien foi ao médico após sentir dores na região do quadril, mas, após fazer um exame de urina, descobriu que estava grávida de nove meses

Mulher não havia sentido nenhum movimento ou mudança no seu corpo durante nove meses.

Mulher não havia sentido nenhum movimento ou mudança no seu corpo durante nove meses. Foto: Pixabay

A britânica Katie O'Brien tem 25 anos e, em março, foi ao médico após sentir dores na região do quadril. O médico suspeitou de uma infecção renal e pediu um exame de urina. Ao receber o resultado, porém, uma surpresa: Katie estava grávida.

"Quando a recepctionista me ligou e disse que eu estava grávida, eu fiquei chocada, quase deixei meu celular cair", contou Katie ao DailyMail. "Eu estou com meu namorado, Ryan, há quatro anos, mas nós não estávamos tentando ter um filho", comentou.

Katie chegou em casa após receber a notícia por telefone e, apenas 22 minutos depois, ela entrou em trabalho de parto. Katie morava com Anthony Warburton e Joan Warburton, seus avós. "Eu só lembro de ter desmaiado, e disse para eles: 'Eu preciso ir a um hospital, meu médico disse que eu posso estar grávida'".

Então seu avô a levou correndo para o carro. "Eu fiquei em pânico, chorando. Meu avô foi incrível, tão calmo, ele me dizia que tudo iria ficar bem", contou Katie.

Ela chegou ao Ystarad Mynach Hospital, em Hengoed, no País de Gales, e sua mãe, Kay Shingler, foi até lá. No hospital, Katie passou por exames e pôde ouvir o batida do coração de seu bebê pela primeira vez. "Eu olhei para minha barriga, mas eu não sentia nenhum carocinho. Nos últimos nove meses, eu estava até fazendo dieta e tinha perdido alguns quilos", relembra.

Katie não entendia como podia estar grávida. Sua menstruação estava irregular, mas ela conta que isso era normal, e ela não havia sentido nenhum movimento do bebê. Os médicos pediram que Katie fosse levada para outro hospital, a 45 minutos dali, e, no caminho, ela lembrou de ligar para seu namorado, Ryan. "Era 17h30, ele tinha acabado de sair do trabalho. Liguei e disse: 'Estou indo para o hospital, você vai ser pai' e, depois de um momento em silêncio, ele respondeu: 'Eu te encontro lá'".

Chegando no novo hospital, a equipe médica concluiu que Katie ainda não estava em trabalho de parto, e ela foi mandada para casa, onde foi dormir. No meio da noite, ela acordou e entrou em trabalho de parto. Sua tia, que estava na casa, percebeu, e ligou para o hospital.

Porém não dava mais tempo: Katie deitou no sofá, e sua tia começou a fazer o parto. Dois paramédicos chegaram rapidamente, e a ajudaram a dar à luz um menino. "Quando eu o ouvi chorar, eu fiquei chocada, surpresa e depois completamente apaixonada. Eu nem podia acreditar que tive um bebê saudável apenas um dia depois de descobrir que estava grávida", contou.

O bebê se chama Tristan. Ele e a mãe foram levados ao hospital, onde ficaram por uma semana, para observação e exames. Hoje o bebê tem seis meses e ele está saudável. "Eu e Ryan queremos ter outros filhos um dia, mas nós vamos nos planejar e ter um parto normal em um hospital", diz Katie.