Mulher processa Starbucks após chá quente cair em seu cachorro e matá-lo

Redação - O Estado de S.Paulo

Deanna diz que barista entregou a bebida quente sem a proteção necessária e, por isso, ela derrubou o líquido no animal, que morreu

Caso ocorreu em setembro de 2015, mas só agora a mulher resolveu processar o Starbucks.

Caso ocorreu em setembro de 2015, mas só agora a mulher resolveu processar o Starbucks. Foto: REUTERS/Arnd Wiegmann

Uma mulher está acusando um barista de uma unidade drive-thru do Starbucks em Denver, nos Estados Unidos, de derramar chá quente em seu cachorro e matá-lo. De acordo com a CBS Denver 4 News, o caso aconteceu em setembro de 2015.

Segundo a emissora, a mulher, que se chama Deanna Salas-Solano, alega que o barista deu um chá quente para ela sem luvas de proteção ou outro copo para diminuir o calor. Ao pegar o copo, o líquido teria caído em seu abdome e na suas pernas, assim como em seu cachorro, Alexander. Ela alega que teve de passar por cirurgias por conta das queimaduras e seu cachorro morreu.

De acordo com a People, Deanna diz que o cachorro foi levado a um hospital veterinário, mas morreu poucas horas depois. Já ela foi levada ao Rose Medical Center para tratar de suas queimaduras. No dia seguinte, ela passou por uma cirurgia de reconstrução de pele e, segundo os documentos judiciais, "2% da área de seu corpo teve queimadura de segundo-grau no abdome e nas pernas".

Procurado pela revista People, o Starbucks nega as acusações. "Nós sentimos muito pelas queimaduras que ele sofreu e nossos corações estão partidos com a perda de seu cachorro. Porém, nós temos um vídeo que, claramente, contradiz as acusações feitas por ela e nós acreditamos que elas não têm fundamento. Nós não temos nenhuma razão para acreditar que nosso funcionário teve culpa de algo", disse a empresa em comunicado.

A mulher pede US$ 100 mil de indenização. O KDVR Fox 31 Denver teve acesso ao vídeo, que mostra que o barista deu a bebida a Deanna com a proteção necessária e que ela estava com o cachorro no colo e o celular na mão quando recebeu a bebida. Assim, não é possível saber por que ela derrubou o chá - se por distração com o cachorro, com o celular ou pelo calor da bebida.