Mulher não deixa marido adotar gatinhos - então ele cuida dos filhotes escondido

Redação - O Estado de S.Paulo

Homem criou uma gatinha e seus filhotes nos fundos da casa

Idoso cuida de uma gatinha e seus filhotes nos fundos de sua casa.

Idoso cuida de uma gatinha e seus filhotes nos fundos de sua casa. Foto: Pixabay

Jimmy tem 85 anos e mora em Porto Rico com a mulher. No bairro em que eles vivem, há muitos gatinhos de rua, e o homem sempre foi muito receptivo com os animais em sua casa - mas a esposa sempre quis os animais longe dela.

O amor pelos gatos fez com que o homem trabalhasse 'clandestinamente'. "Meu avô sempre sentiu pena dos gatinhos abandonados e sempre leva comida para os fundos da casa, perto de seu galpão de ferramentas, um lugar onde minha avó não costuma ir. Entre tantos gatos, uma gatinha em especial ficou muito apegado ao meu avô", contou Syl, neta do casal, ao site The Dodo.

Então essa gatinha ficou grávida - e Jimmy resolveu tomar de conta dela e dos filhotes com mais apreço ainda. O homem pediu permissão para que os dois pudessem cuidar da gatinha, mas ela disse não.

"Meu avô deixou uma gata ter seus filhotes em seu galpão, e agora está criando uma ninhada de gatos atrás da casa da minha avó porque ela disse 'não'", tuitou Syl. Mas Jimmy não desistiu e reservou, secretamente, um lugar para os animais.

Depois do nascimento, o idoso não se arrependeu da decisão - a mulher, porém, só foi descobrir três semanas depois do nascimento dos filhotes. O coração da idosa foi amolecido e ela aceitou. "Ela ficou bem com os animais lá, já que os animais não conseguiriam outra casa", disse a neta.