Médica interrompe próprio parto para ajudar outra mulher a dar à luz

Redação - O Estado de S. Paulo

Obstetra preparava-se para receber sua filha quando percebeu que paciente precisava de ajuda

Amanda Hess teve sua filha minutos depois de ajudar no parto de Leah Holliday Johnson

Amanda Hess teve sua filha minutos depois de ajudar no parto de Leah Holliday Johnson Foto: Pixabay/Free-Photos

A obstetra Amanda Hess passou por dois trabalhos de partos diferentes em poucas horas. Ela se preparava para dar à luz à sua segunda filha quando interrompeu o próprio parto para ajudar outra paciente do Regional Medical Center, em Frankfort, nos Estados Unidos.

Em uma publicação no Facebook, a médica Hala Sabry, do grupo médico Physician Moms Group, contou que Amanda já estava vestida e pronta para receber sua bebê. Foi então que ela foi informada por um grupo de enfermeiros de que Leah Halliday Johnson, outra gestante, estava prestes entrar em trabalho de parto e seu obstetra ainda estava à caminho do hospital.

Sabendo que a mulher precisava de cuidados imediatos, Amanda cobriu suas partes íntimas e foi ao encontro da paciente para ajudá-la no parto.

As contrações de Amanda começaram alguns minutos depois que ela entregou o bebê de Leah. Foi a vez, então, de trazer ao mundo sua própria filha.

“Fazer o parto de outras pessoas é algo que eu faço todos os dias. E eu, com certeza, fico mais confortável em fazer isso do que no meu próprio parto”, declarou Amanda, em entrevista à NBC.

"Eu agradeço o que ela fez pela minha família. Isso diz muito sobre quem ela é como mulher e mãe, e também como médica", disse Leah. "Isso faz você se sentir melhor por trazer uma menina ao mundo, sabendo que há mulheres como ela dispostas a ajudar desta maneira", completou.

VEJA TAMBÉM: Mitos e tabus do sexo durante a gravidez