Jovem leva mais de 200 crianças para assistirem 'Pantera Negra'

Redação - O Estado de S.Paulo

Vitória Silva criou campanha de doações para levar crianças negras de comunidade carente para ver o filme

Filme é o primeiro do Universo Cinematográfico Marvel a ter um ator principal negro

Filme é o primeiro do Universo Cinematográfico Marvel a ter um ator principal negro Foto: Reprodução de 'Pantera Negra' (2018) / Marvel

Muitas personalidades elogiaram o filme Pantera Negra e algumas já se mobilizaram para levar crianças negras a uma sessão do filme. Agora foi a vez de uma brasileira criar uma campanha para permitir que crianças de uma comunidade carente de Porto Alegre possam assistir ao longa.

Vitória Silva contou em seu Facebook que decidiu criar a campanha após ela própria assistir ao filme, no dia 15 de fevereiro. "Doe um ingresso para uma criança negra ter novas referências de super-heróis e assistir o filme no cinema. Partiu?".

Após receber o contato de muitas pessoas dispostas a ajudar, Vitória esquematizou a sua ação. Escolheu o shopping, um dia da semana para levar as crianças e estipulou que cada interessado deveria doar R$ 14, preço da meia entrada de uma sessão.

Ela disse que as crianças agraciadas pela campanha moram em uma comunidade no Centro de Porto Alegre, onde ela também habita. Além disso, crianças de comunidades próximas também seriam convidadas.

Três dias depois, 19 de fevereiro, Vitória contou aos seus amigos no Facebook que já estavam próximos de cumprir a meta de cem ingressos e que a campanha continuaria por mais dois dias para custear o valor do transporte. "Vamos realizar sonhos e encher aquele cinema de melanina e amor".

"Criar uma campanha para levar crianças negras ao cinema é uma afronta para a sociedade branca, racista e escravocrata que não consegue imaginar a possibilidade de nos fortalecermos", escreveu a jovem ao informar que a postagem divulgando a campanha havia sido excluída pela equipe do Facebook por "conteúdo racista".

Ela não deixou esse revés lhe abater e continuou a campanha. O Facebook reconheceu o erro e disse que a publicação havia sido excluída "acidentalmente". "Racismo não é acidente, mas agora estou de volta. Obrigada por todas as mensagens de apoio!", falou Vitória.

Nessa quinta-feira, 22, Vitória encerrou a campanha. As doações custearam o valor dos ingressos e do transporte de 210 crianças, além de pipoca e refrigerante para todos.

"Dia 22 de fevereiro foi um dos dias mais felizes da minha vida, só vai perder para o dia 27, em que vamos levar todas essas crianças e adolescentes ao cinema!", disse ao término da campanha.

Pantera Negra é a primeira produção do Universo Cinematográfico Marvel protagonizada por um ator negro.