Jovem finge que cão é seu filho para entrar no hospital 

Redação - O Estado de S.Paulo

Shelby queria levar a cadela para visitar a avó, que estava internada

Dona e Patsy estão juntas há treze anos

Dona e Patsy estão juntas há treze anos Foto: Twitter/ @HennickShelby

A avó de Shelby Hennick, Dona, foi internada no hospital após sofrer de uma reação alérgica aos remédios que estava tomando. A idosa estava com saudades, por isso, a neta, que é técnica veterinária, levou o pet para visitá-la no hospital. 

Em entrevista ao BuzzFeed News, Shelby disse que a ideia de levar o cão foi de sua mãe. "Eu estava passando pela casa da minha avó quando ela ligou, por isso, decidiu levar Pastsy, cadela de Dona, para vê-la. 

No entanto, ela não poderia entrar com um cão, pois há risco de eles causarem infecção aos pacientes. Por isso, ela colocou um cobertor sobre ele e fingiu que era seu filho. 

Como os funcionários do hospital se lembrava delas, Shelby e sua mãe entraram e acenaram para eles e foram até o quarto de Dona. 

"Patsy estava calma o tempo todo e ficava lambendo meu braço", relembra. A avó achou que Shelby tinha levado o bebê da outra neta, mas quando viu que era Patsy, ficou muito surpresa. 

Ao BuzzFeed, Shelby disse que sua avó resgatou a cadela há treze anos, quando Patsy era um bebê de poucas semanas. Segundo a neta, elas tem uma relação muito forte. 

A jovem compartilhou a história em seu Twitter e teve 539 mil curtidas e 129 mil retuítes.