Em forma de protesto, indianas vestem máscaras de vaca

Redação - O Estado de S.Paulo

Um projeto questiona se os animais estão mais protegidos que as mulheres na Índia, onde as vacas são consideradas sagradas

Mulheres usam 'cabeça de vaca' em projeto para denunciar violência contra a mulher na Índia.

Mulheres usam 'cabeça de vaca' em projeto para denunciar violência contra a mulher na Índia. Foto: instagram.com/sujatroghosh/

O artista Sujatro Ghosh decidiu iniciar um projeto onde mulheres se vestem com máscaras de vaca em locais públicos a fim de denunciar a violência contra a mulher na Índia.

No hinduísmo, religião de cerca de 80% da população indiana, as vacas são sagradas, homenageadas em cerimônias religiosas, e os hindus não podem comer sua carne.

Ghosh disse ao BuzzFeed que, ao pensar como as vacas eram protegidas, teve uma ideia: "Se nós podemos proteger vacas, por que não podemos proteger mulheres?", disse ele ao Buzzfeed.

Uma das mulheres participantes do projeto, Reetwija Chakraborty, falou sobre a experiência de usar uma cabeça de vaca. "Usar uma máscara de vaca no meio de uma rua movimentada, em frente a lugares lotados, significa que você vai chamar mais atenção do que o normal. Porém, estar dentro da máscara foi poderoso", disse ela ao site.

As fotos do projeto estão sendo compartilhadas no Instagram de Ghosh.