Governo da Índia faz campanha em apoio a mulheres transgênero

Redação - O Estado de S.Paulo

Em vídeo, mulheres trans que são funcionárias do metrô de Kochi, no Estado de Kerala, pedem aos usuários que não as tratem de forma diferenciada

Mulheres transsexuais são contratadas em metrô de Kochi, na Índia, e pedem para serem tratadas como funcionárias comuns. 

Mulheres transsexuais são contratadas em metrô de Kochi, na Índia, e pedem para serem tratadas como funcionárias comuns.  Foto: facebook.com/keralainformation/

O governo de Kerala, um estado da Índia, está fazendo uma campanha para conscientizar sobre o preconceito que mulheres transgênero sofrem. Além de vídeos e publicações nas redes sociais, o metrô da cidade de Kochi contratou algumas dessas mulheres como funcionárias.

"[Mulheres] Transgênero são parte do quadro de funcionários do metrô de Kochi. O governo de Kerala fez um passo significante ao empregá-las no metrô de Kochi. Agora elas estão tendo respeito e reconhecimento da sociedade e elas são inigualáveis", diz uma publicação da página do governo de Kerala no Facebook.

No vídeo abaixo, mulheres trans que trabalham no metrô de Kochi falam sobre o preconceito que sofrem. "Você está surpreso em me ver vestida nesse uniforme? Falando como você? Eu sei que está. Mas, quando você olhar para mim hoje, não quero que sinta pena. Não quero que me veja e sinta nojo. Eu também tenho ambições, esperanças e sonhos. Você pode me fazer um favor? Quando me vir, não me olhe duas vezes. Eu quero que me veja apenas como uma pessoa fazendo o seu trabalho", dizem as mulheres.