Gato de rua é suspeito de tentativa de homicídio no Japão

Redação - O Estado de S.Paulo

A polícia acredita que o animal tenha atacado uma idosa de 82 anos

A polícia japonesa acredita que um gato de rua seja o responsável pela tentativa de homicídio de uma idosa de 82 anos (imagem ilustrativa)

A polícia japonesa acredita que um gato de rua seja o responsável pela tentativa de homicídio de uma idosa de 82 anos (imagem ilustrativa) Foto: Pixabay/MrsBrown

A investigação da polícia japonesa de uma tentativa de homicídio no sul do Japão levou a corporação a um suspeito inusitado: um gato de rua. A filha de Mayuko Matsumoto encontrou sua mãe com sangramentos profusos decorrentes de 20 cortes no rosto na segunda-feira, 6, sem nenhuma explicação lógica do que havia acontecido.

As feridas foram tão graves que a polícia iniciou investigações de tentativa de homicídio para tentar achar quem havia atacado a senhora de 82 anos em sua própria casa. “Quando nós a achamos, sangue cobria todo o rosto dela do queixo para cima. Ela estava encharcada de sangue e não sabíamos o que tinha acontecido”, disse sua filha à emissora RKK.  

A polícia começou a desconfiar que havia alguma coisa errada quando não achou sinais de arrombamento na casa de Mayuko e os cortes parecerem muito com os feitos por gatos. Após investigarem alguns gatos de rua na região, a polícia encontrou um deles com vestígios de sangue nas patas e está fazendo testes para identificar se o DNA presente é o de Mayuko.